quarta-feira, 1 de abril de 2020

CONHECIMENTO E DEFINIÇÃO DO TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO (TEA)


A Prefeitura Municipal de Viçosa a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social – SEMTHAS e o Centro de Referência de Assistência Social - CRAS em alusão ao Abril Azul mês de conscientização do Autismo vem por meio deste divulgar informações educativas sobre a temática.
O autismo oficialmente denominado como Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) – é uma condição de saúde caracterizada por déficit na comunicação social, o autista apresenta uma deficiência na socialização, comunicação verbal e não verbal, e no comportamento. Há muitos subtipos do transtorno.  O mesmo é tão abrangente que se usa o termo “espectro”, pelos diversos níveis de comprometimento.
Dentro dos subtipos há desde indivíduos com outras enfermidades e condições associadas (comorbidades), como deficiência intelectual e epilepsia, até pessoas independentes, com vida social normalmente ativa sem prejuízos de suas capacidades, algumas nem sabem que são autistas, pois não tiveram diagnóstico.
É importante ressaltar que o diagnostico só pode ser elaborado através de consulta ao especialista no diagnóstico de autismo.
Tratamento e sinais
Alguns sinais de autismo já podem aparecer a partir de um ano e meio de idade, até mesmo antes em casos mais graves. Sintomas como irritabilidade, agitação, autoagressividade, hiperatividade, impulsividade, desatenção, insônia, entre outros. É necessário que as famílias sempre estejam atentas e se caso houver uma suspeita, os responsáveis familiares busquem de imediato profissionais especializados no assunto. É importante iniciar o tratamento o quanto antes pois assim maiores são as possibilidade de melhorar a qualidade de vida da pessoa.
O tratamento psicológico apresenta uma grande eficácia, segundo a Associação Americana de Psiquiatria, é a terapia de intervenção comportamental — aplicada por psicólogos, além disto, a dinâmica do tratamento é personalizada e interdisciplinar, ou seja, além da psicologia, os pacientes podem passar pelas intervenções da fonoaudiologia, terapia ocupacional, entre outros profissionais. O tratamento deverá ser adequado as necessidades individuais de cada autista.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

TÉCNICA DA SEMTHAS DE VIÇOSA PARTICIPA DE OFICINA TERRITORIAL DA VIGILÂNCIA SOCIOASSISTENCIAL.

  No dia 18 de ju nho de 202 4 , foi realizad o uma oficina pelo Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria do Trabalho, Habitação e Assi...