quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Formação dos membros da Rede de Proteção dos Direitos de Crianças e Adolescentes


A formação tem como objetivo primordial discutir como vem sendo articulada a rede de proteção de crianças e adolescentes nas diferentes esferas municipais, como forma de verificar se esta rede vem sendo trabalhada de forma intersetorial.
A Constituição de 1988 consagra a luta de um grande número de pessoas interessadas e envolvidas na defesa dos direitos das crianças e jovens brasileiros que, acompanhando as normativas internacionais, redirecionou o olhar dos poderes públicos e da sociedade para esse segmento da população. Podemos definir a Rede de Proteção Social como uma articulação de pessoas, organizações e instituições com o objetivo de compartilhar causas e projetos, de modo igualitário, democrático e solidário. É a forma de organização baseada na cooperação, na conectividade e na divisão de responsabilidades e competências. Não é algo novo, mas fundamentalmente uma concepção de trabalho (LÍDIA, 2002); é uma forma de trabalho coletivo, que indica a necessidade de ações conjuntas, compartilhadas, na forma de uma “teia social”, uma malha de múltiplos fios e conexões.
Confiram a Programação!

  • Data: 17/09/2019
  • Local: Auditório do CRAS


v  08h30: Acolhida e recepção

v  09h00: Painel: O que é rede de proteção social de crianças e adolescentes? Funções, objetivos e estratégias.
                        Palestrante: Irenice de Fátima da Silva

v  09h30: Momento para debate e perguntas

v  10h00: Café

v  10h30: Plano de trabalho de rede comunitária de proteção.

v  11h30: Encerramento e avaliação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPREENDENDO A VIDA E SEUS DESAFIOS É TEMA DA REUNIÃO DOS IDOSOS DO SCFV DE VIÇOSA/RN

Na tarde do dia 12 de setembro foi realizado um encontro com o grupo de Idosos do SCFV. Na oportunidade foi feita uma roda de conversa ...