SINE-RN atendeu mais de 57 mil cidadãos em 2013

No RN são 20 postos do SINE localizados em 15 municípios
O Sistema Nacional de Emprego do Rio Grande do Norte (SINE-RN), órgão vinculado a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) é responsável pela execução das políticas públicas de geração de emprego no Estado. Em 2013, o SINE atendeu mais de 57 mil cidadãos e intermediou a mão-de-obra de quase duas mil pessoas.
A tarefa principal do SINE é executar as políticas públicas de emprego e de combate ao desemprego. “O trabalho é uma ferramenta importante na formação da sociedade e, atualmente, observa-se uma intensificação na demanda de profissionais para o mercado de trabalho e o SINE tem auxiliado a entrada dos norte-rio-grandenses em grandes empresas”, declarou Edilberto Almeida, subsecretário do trabalho do SINE-RN.
Para melhorar o atendimento ao público, em 2013, foi inaugurada pela titular da Sethas, Shirley Targino, a nova sede da Central do Trabalhador no bairro Cidade da Esperança. No local são realizados os atendimentos de intermediação de mão-de-obra e oferece ao público, um auditório amplo e salas individuais para diálogos entre o empregado e o empregador. “Com a nova sede, os cidadãos têm mais qualidade no atendimento dos nossos serviços. Continuaremos trabalhando em prol do trabalhador”, esclareceu a secretária Shirley Targino.
Além da intermediação da mão-de-obra, o SINE também faz o atendimento e operacionalização do Seguro-Desemprego. Mais de 88 mil cidadãos do RN, entre eles, trabalhadores formais, empregados domésticos e pescadores artesanais, receberam orientações do Seguro-Desemprego. Atualmente, o SINE conta com 20 postos de atendimento distribuídos em 15 municípios do Estado.
O trabalhador autônomo também pode procurar a ajuda do SINE. O órgão é responsável pelo Centro do Trabalhador Autônomo (CTA), que faz o intermédio dos prestadores de serviços domiciliares, sendo eles: diarista, encanador, pintor de obras, pedreiro, jardineiro, eletricista, entre outros. O CTA realiza, em média, 300 atendimentos por mês. No ano passado, o setor fez a mediação de mais de 3.700 profissionais autônomos em Natal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagem de pesar pelo falecimento da Sra.Teresinha Martins Silvério

GRUPO DE CAPOEIRA FORTALECENDO VÍNCULOS DO SCFV PARTICIPA DE CAMPEONATO EM TABOLEIRO GRANDE-RN

Viçosa realizará II Fórum Comunitário do Selo UNICEF