sábado, 28 de maio de 2016

28 de maio - Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna

O Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna é celebrado em 28 de maio. Esta data visa promover um debate a nível nacional sobre a importância dos cuidados para a saúde da mulher. Além disso, fortalecer a necessidade de melhores políticas públicas que ajudem a garantir condições médicas de qualidade para as gestantes. Nesta data ainda é celebrado o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher, iniciativa que teve início durante o IV Encontro Internacional Mulher e Saúde, na Holanda, em 1984. Ficou definido que o dia 28 de maio seria destinado a estimular o debate e a reflexão a nível mundial sobre os métodos e ações políticas necessárias para melhorar as condições de saúde da mulher gestante, principalmente. No Brasil, o Dia Nacional da Redução da Mortalidade Materna foi instituído através da Portaria do Ministério da Saúde nº 663/94. A diminuição da mortalidade materna é uma das principais metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre as principais causas de morte materna no mundo estão: hemorragia grave, hipertensão na gestação, infecções, complicações de abortos e coágulos sanguíneos. Nos últimos anos, o Brasil conseguiu diminuir em mais de 40% a taxa de mortalidade materna no país.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

25 de maio - Dia Internacional das Crianças Desaparecidas

O Dia Internacional das Crianças Desaparecidas é celebrado anualmente em 25 de maio. Esta data tem o objetivo de alertar as pessoas sobre todas as questões relacionadas com o desaparecimento de crianças e adolescentes. De acordo com o S.O.S Crianças Desaparecidas, estima-se que aproximadamente 50 mil jovens desapareçam por ano no Brasil. Durante esta data, várias instituições em prol dos direitos da criança, organizam atividades que visam mobilizar a população em geral na tentativa de solucionar os milhares de casos de jovens desaparecidos.
Origem do Dia Internacional das Crianças Desaparecidas
Esta data é uma homenagem ao caso de Etan Patz, um menino de 6 anos que desapareceu nas ruas de Nova Iorque, enquanto voltava da escola, em 25 de maio de 1979. A partir de então, anualmente, os amigos e familiares de Patz se reuniam na data de seu desaparecimento para conscientizar a população sobre os cuidados que devem ter para evitar o desaparecimento de outras crianças. Infelizmente, a criança nunca foi encontrada, mesmo com o intenso esforço da polícia e comunidade na época. A partir deste caso, começou a famosa campanha que incluía fotos de crianças desaparecidas nas caixas de leite nos Estados Unidos. Em 1986, o então presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, oficializou o dia 25 de maio como uma data dedicada a todas as crianças desaparecidas.

25 de Maio - Dia do Trabalhador Rural

O Dia do Trabalhador Rural é comemorado anualmente dia 25 de Maio, no Brasil. A data homenageia todas as pessoas que dedicam seu tempo trabalhando nas zonas rurais, campos, fazendas e etc.
Origem do Dia Nacional do Trabalhador Rural
A comemoração do Dia do Trabalhador e Trabalhadora Rural foi instituída no Decreto de Lei nº 4.338, de 1º de Maio de 1964. No dia 25 de Maio de 1963, morria o deputado federal Fernando Ferrari, um dos políticos mais engajados na luta dos trabalhadores rurais por seus direitos e questões sociais. A morte de Fernando se transformou em uma data símbolo para os profissionais da categoria. Em 1971 foi instituído o Programa de Assistência ao Trabalhador Rural, com a Lei Complementar nº 11, que ficou conhecida como Lei Fernando Ferrari, em homenagem ao parlamentarista que lutou pelos direitos destes trabalhadores.
Homenagens para o Dia do Trabalhador Rural
"Nossas homenagens para esses homens e mulheres, cujo trabalho no campo contribui para o crescimento da economia e sustento da população das cidades! Parabéns!"
"Se existe o 'COLHER' é porque seu suor e dedicação frutificaram! Agradecemos a todos os trabalhadores ruais o cuidado com a terra".
"Tudo que chega a nossa mesa, provém de sua natureza. Mas, a sua transformação tem a ver com a sua ação. Desde o preparo da terra, o seu trabalho encerra toda sua dedicação. Na pecuária ou agricultura, mesmo sem grande estrutura, ele garante a produção".

25 de maio - Dia Nacional da Adoção

O Dia Nacional da Adoção é celebrado anualmente em 25 de maio. Esta data visa promover debates sobre um dos princípios mais importantes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA): o direito da convivência familiar e comunitária com dignidade. Quando as crianças são negligenciadas ou abandonadas por seus pais biológicos, a adoção é uma alternativa para não privar o jovem de usufruir de uma relação harmoniosa e saudável num contexto familiar e social. Normalmente, durante esta data, algumas organizações, como a Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção, promovem atividades lúdicas e educacionais para conscientizar a população em geral sobre o funcionamento dos processos de adoção no Brasil.
Origem do Dia Nacional da Adoção
No Brasil, o Dia Nacional da Adoção foi oficializado a partir do decreto de lei nº 10.447, de 9 de maio de 2002. Esta lei instituiu o 25 de maio como data oficial de celebração do Dia da Adoção no país. Originalmente, o 25 de maio foi declarado Dia Nacional da Adoção (a nível não-oficial) durante o I Encontro Nacional de Associações e Grupos de Apoio à Adoção, em 1996.

25 de maio - Dia da Costureira

O Dia da Costureira é celebrado anualmente em 25 de maio. As costureiras não são simples profissionais, também podem ser consideradas verdadeiras artistas! De acordo com a Associação Brasileira de Vestuário (Abravest), o trabalho das costureiras brasileiras movimenta em média R$ 4,5 bilhões por ano. As costureiras são mestras na linha e agulha e, com apenas esses dois instrumentos, conseguem produzir peças incríveis, desde vestidos, camisas, cortinas e demais produtos feitos à base de tecidos. Também conhecidas como estilistas, as costureiras podem criar tendências de moda que serão usadas ao longo das diferentes estações.
Mensagem para o Dia da Costureira
Artistas da linha e da agulha! Parabéns pelo seu belo trabalho! Feliz Dia da Costureira! Uma boa costureira não deve saber apenas todas as técnicas de costura, mas também ser criativa, versátil e paciente! E você tem todas essas características para dar e vender! Feliz Dia da Costureira! Você é a responsável em tornar sonhos em realidade… Transforma simples mulheres em lindas princesas e ajudar a costurar sorrisos! Obrigado pelo seu lindo trabalho e dedicação! Feliz Dia da Costureira!

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Encerramento da Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura Municipal de Viçosa-RN através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social realizou caminhada pelas ruas da cidade para encerrar a Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento contou com a participação de usuários da SEMTHAS, Secretários, Chefe de gabinete, técnicos da Secretaria Municipal de Saúde, alunos da Escola Estadual Pedro Martins Fernandes e Escola Municipal Francisco Gomes Pinto e população em geral. Durante a caminhada, o grupo de capoeira do SCFV da SEMTHAS apresentou uma pequena encenação de como as crianças e adolescentes devem agir quando alguém tentar abusar deles.
Durante toda a semana foram realizadas atividades de prevenção ao abuso sexual de crianças e adolescentes através da SEMTHAS em parceira com o Conselho Tutelar, COMUDICA, COMDIM, COMDEF, COMJUV, Secretaria Municipal de Saúde, CEIEP, EMFGP e EEPMF.
Por motivos de força maior, a Gestora da SEMTHAS, Dalva Vieira, não pôde participar do evento, mas deixou mensagem agradecendo aos parceiros e à população pela participação durante todos os eventos realizados nessa semana. Também destacou que a luta do município nessa causa continuará sendo feita pela SEMTHAS durante todo o ano.












 

Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social – SEMTHAS em parceira com o Conselho Tutelar fazendo alusão ao dia 18 de maio realizou roda de conversa e panfletagem com os alunos da Escola Estadual Pedro Martins Fernandes, enfatizando que a proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. Ressaltaram que a violência sexual praticada contra a criança e o adolescente envolvem vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se consideram as relações de geração, de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social e de condições econômicas.




Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura Municipal de Viçosa-RN através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social (SEMTHAS), realizou nesta quinta-feira, 19 de maio, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) mais uma atividade da Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O grupo de capoeira “Fortalecendo Vínculos” realizou atividades tais como pintura, alongamentos, roda de capoeira, e por fim foi exibido um vídeo que alertava os jovens sobre como acontece o abuso sexual e qual o perfil dos abusadores.
Na oportunidade foi também esclarecida a diferença entre o abuso sexual e a exploração sexual, duas situações distintas, porém ambas são tidas como crimes. Assim, eles puderam entender essa diferença e ficar atentos a qualquer situação parecida, o abuso sexual acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. 



Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura Municipal de Viçosa/RN realizou nesta quinta-feira, 19 de maio, no Centro de Referência de Assistência Social Irinéia de Souza mais um encontro com o Grupo de Mulheres do PAIF “Família e Evolução”, no qual foi discutido a temática referente à Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, onde a Equipe da SEMTHAS ministrou uma Palestra com o tema “O Olhar das Família acerca do Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Foi exibido o Vídeo “O Silêncio de Nara”, que retrata a história de uma menina que é abusada e explorada pelo seu avô e seu sofrimento e medo até que decide denunciar. A violência sexual não é um assunto que diz respeito apenas à vítima. Proteger a criança e o adolescente de toda forma de violência é uma responsabilidade do Estado, da família e de toda a sociedade. A violência sexual deve ser uma prática rejeitada e combatida por todos, pois a criança e o adolescente são sujeitos em condição peculiar de desenvolvimento, além disto, devemos requerer a responsabilização imediata daqueles que violam os direitos da criança ou do adolescente. Portanto quando houver suspeita de violência sexual, é importante acionar uma das instituições que atuam na investigação, diagnóstico, enfrentamento e atendimento à vítima e suas famílias: Conselhos Tutelares, CRAS, COMUDICA, Delegacia, Promotoria, Fórum, Disque 100. Logo após a palestra as mulheres confeccionaram material educativo.


quinta-feira, 19 de maio de 2016

Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura Municipal de Viçosa-RN realizou nesta quarta-feira, 18 de maio, no Centro de Referência de Assistência Social Irinéia de Souza mais um encontro com Grupo de Idosos “Cidade Verde”, no qual foi discutido com nossos idosos a temática referente a Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, onde a Equipe da SEMTHAS realizou uma Oficina de Conscientização sobre a importância da família na prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes crianças e adolescentes e foi exibido o Vídeo “O Silêncio de Nara”, que conta a história de uma menina que foi abusada e explorada pelo seu avô e seu sofrimento e medo até que decide denunciar. A violência sexual, em geral, acontece no âmbito do privado, mas é uma questão social e legal e é considerada, em nossa sociedade, uma violação de direitos básicos da criança e do adolescente, tais como o direito à sexualidade saudável, ao respeito, à dignidade, à integridade física e emocional, à convivência familiar e social saudável, trazendo graves repercussões sobre sua vida pessoal, familiar e social. Logo após a discussão sobre a temática foi confeccionado material educativo. 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...