segunda-feira, 6 de julho de 2015

Grupo de adolescentes do SCFV discute o respeito à pessoa idosa


A Secretaria Municipal de Assistência Social de Viçosa realizou nesta segunda-feira, 06 de Julho, uma palestra com o grupo de adolescentes com o tema “Valorização e respeito com a pessoa idosa”. Respeitar o direito da pessoa idosa significa exaltar, admirar e reverenciar a experiência e testemunho dos anos vividos por todos aqueles que ajudaram de uma maneira ou de outra a construir o patrimônio socioeconômico e cultural de nossa cidade. O objetivo do encontro era apresentar uma política para o envelhecimento com ações educativas que visam a valorização e o respeito para com a pessoa idosa. Atualmente o descaso, o desrespeito e a falta de paciência dos jovens para com os idosos vem crescendo, gerando conflitos entre gerações e exclusão dos idosos.










Grupo de mulheres "União, família e evolução"


A Prefeitura Municipal de Viçosa através da Secretaria Municipal de Assistência Social proporcionou uma tarde agradável para todas as mulheres que fazem parte do grupo de mulheres “União, Família e Evolução” no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O oficineiro deu inicio a mais um trabalho, o artesanato da vez é uma sacola decorada que pode ser usada como embalagem de presente. Uma ótima ideia para o dia-a-dia.



6 de julho - Dia da criação do IBGE

No dia 6 de julho de 1934, era criado o principal provedor de dados e informações do Brasil, responsável por mensurar informações estatísticas da população brasileira: o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em 1937, este órgão passou a ser conhecido popularmente pela sigla IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
A instituição foi criada durante o Governo do ex-presidente Getúlio Vargas, reconhecido como o político que mais valorizou as leis trabalhistas no Brasil. A criação do IBGE está diretamente relacionada à necessidade de entender processos políticos e de trabalho no País e tomar medidas administrativas que levassem o país para o “futuro”.
Entre as principais funções do IBGE:
• Produzir, analisar, coordenar e consolidar informações estatísticas;
• Produzir e analisar, coordenar e consolidar informações geográficas;
• Estruturar e implantar um sistema de informações ambientais;
• Documentar e disseminar todas as informações colhidas;
• Coordenar os sistemas estatísticos e cartográficos nacionais.
Censo
A partir do trabalho do IBGE é possível entender melhor a evolução de processos políticos, econômicos e demográficos do Brasil. Uma maneira da entidade levantar informações é por meio do Censo, questionário sócio-econômico destinado a todas as famílias brasileiras.
O Censo é realizado de 10 em 10 anos para validação do perfil dos habitantes do Brasil. Desta forma, é possível classificar a renda, contabilizar a população e mensurar a situação da economia do país e a evolução de quesitos como trabalho e produção.
Todas as informações levantadas pelo IBGE são estudadas e catalogadas por uma equipe de profissionais qualificados e ficam à disposição para consultas no site da instituição.
Mais informações: www.ibge.gov.br

sexta-feira, 3 de julho de 2015

03 de Julho - Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial

Grupo de Idosos Cidade Verde

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Viçosa-RN promoveu mais um encontro com os integrantes do grupo de idosos “Cidade verde”.  A equipe parabenizou a todos pela brilhante apresentação e aproveitou para traçar metas para aprimorar o funcionamento do grupo. Foi exibido um vídeo em que o “Rei do Baião” Luiz Gonzaga canta a música “Asa Branca” juntamente com uma orquestra, em 1976. Essa música foi usada na entrada do Arraiá em suas apresentações.  Em seguida os idosos viram fotos e vídeos da apresentação do Arraiá Intergeracional da SMAS no Arraiá na Casa de Cultura e também no Encanta Escolar, evento da Prefeitura Municipal. 



quinta-feira, 2 de julho de 2015

02 de julho - Dia do Bombeiro Brasileiro

Quem é o Bombeiro?
Bombeiro é o profissional responsável por apagar incêndios, seja na cidade ou em florestas, e acaba tornando-se um herói para as pessoas que ele salva a vida e até mesmo suas propriedades.
Origem do Dia do Bombeiro
Em 02 de julho de 1856 foi criado, no Rio de Janeiro, o Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, que teve por comandante o major João Batista de Morais Antas. Antigamente, antes do Imperador D.Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775, que regulamentava o serviço de bombeiros, quando os sinos badalassem era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que ficar em fila e, do poço mais próximo, passavam baldes de mão em mão, até chegarem ao local do incêndio.

02 de Julho - Dia do Hospital

O Dia do Hospital é comemorado no dia 02 de julho, e é uma forma de homenagear os profissionais que trabalham na área da saúde, médicos, enfermeiros, radiologistas, terapeutas, psicólogos, e outros. É uma boa data para nos lembrarmos da importância que essas infraestruturas têm para a sociedade. Antes de existirem hospitais, era muito mais difícil tratar as pessoas, e a taxa de mortalidade em caso de doença ou acidente era bem maior. Um hospital pode ser público, que é quando oferece serviços médicos gratuitos através do Estado, ou privado, que é quando o paciente paga pelo serviço que recebe.
Origem do Dia do Hospital
O Dia do Hospital é comemorado no dia 2 de julho, pois é a data da fundação da Santa Casa de Misericórdia de Santos, em São Paulo, em 1945, que é um dos maiores hospitais do Brasil. Essa inauguração foi feita no local onde já existira um hospital. Em 1543, a Santa Casa de Misericórdia de Santos foi fundada pela primeira vez por Braz Cubas, um fidalgo português.
Ao longo dos séculos foram sendo reconstruídos e inaugurados vários conjuntos no Hospital, mas apenas aquele inaugurado por Getúlio Vargas em 1945 existe hoje.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Isenção de Taxas em Concursos Públicos

Essa ação prevê a isenção do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos realizados pelo Poder Executivo Federal. Poderá ser beneficiado com a isenção de pagamento o candidato que:
  • Estiver inscrito no Cadastro Único; e
  • For membro de família de baixa renda (com renda mensal per capita de até meio salário mínimo ou a que possua renda familiar mensal de até três salários mínimos).
O candidato deverá formular a solicitação de isenção da taxa de inscrição à entidade ou órgão executor do concurso público. O documento deverá conter:
  • Os seguintes dados cadastrais: nome completo do candidato, NIS, data de nascimento, número da identidade, data de expedição do RG, órgão expedidor do RG, CPF e nome da mãe;
  • Declaração de que pertence à família de baixa renda.

O órgão ou entidade responsável pelo concurso público consultará o MDS para verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato. Declarações falsas estarão sujeitas às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto no 83.936, de 6 de setembro de 1979.
O edital do concurso público definirá a forma de apresentação e os prazos necessários para a solicitação de isenção, além de divulgar a resposta ao candidato. Em caso de indeferimento do pedido, o candidato deverá ser comunicado antes do término do prazo previsto para as inscrições, para que possa realizar o pagamento da taxa cobrada.
A isenção do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos está prevista no Decreto nº 6.593/08, regulamentado pela Lei nº 8.112/90. O Decreto aplica-se aos concursos realizados no âmbito do Poder Executivo Federal e aos processos seletivos simplificados para a contratação de pessoal por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.
Nos casos em que o candidato pertencer a uma família de baixa renda e ainda não estiver cadastrado no Cadastro Único ou, se mesmo cadastrado, não possuir o NIS, ele poderá procurar o órgão responsável pela gestão do Cadastro Único de seu município, que geralmente se localiza na sede da Prefeitura ou no Centro de Referência de Assistência Social (Cras). É importante lembrar que qualquer cadastro novo necessitará de um prazo mínimo de 45 dias para que seja identificado na base do Cadastro Único.
Os candidatos poderão confirmar o resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição por meio do Sistema de Isenção de Taxa de Inscrição (SISTAC) ou através da instituição executora do certame, nos locais especificados no edital do concurso. O SISTAC é uma ferramenta on-line, criada pela Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc/MDS), que tem por objetivo possibilitar a consulta dos candidatos na Base Nacional do Cadastro Único, a fim de conceder o benefício para o candidato que cumpre todos os requisitos previstos na legislação. O SISTAC está disponível para três perfis diferentes: Instituições Executoras de Concurso Público, Órgãos Responsáveis por Auditoria e Candidatos.
  •  O SISTAC poderá ser acessado pelo endereço: http://aplicacoes.mds.gov.br/sistac/.

Na tela principal do sistema, há um link: “Consulta de Candidatos Selecionados”, no qual o candidato poderá consultar informações sobre a sua solicitação. Para que o candidato verifique sua situação, é necessário informar o Número de Identificação Social (NIS), nome e o número do CPF.
Os recursos relativos ao indeferimento do pedido de isenção da taxa de inscrição devem ser endereçados diretamente ao Órgão/Instituição executor do Concurso Público.
Para que o candidato não tenha problema com indeferimento da solicitação, é necessário que informe para a entidade ou órgão executor os dados cadastrais exatamente como estão no Cadastro Único. Quaisquer inconsistências cadastrais podem interferir no processo de concessão da isenção. Portanto, caso o cadastro do candidato esteja com dados incorretos, será necessário realizar, primeiramente, a atualização cadastral, para depois solicitar a isenção de pagamento.

terça-feira, 30 de junho de 2015

RELAÇÃO DOS INSCRITOS QUE ESTÃO APTOS A FAZER O EXAME DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO COM CARÁTER ELIMINATÓRIO

  1. Antônia Dulce de Souza Tavares
  2. Antonia Gerlianne Alves de Oliveira
  3. Auridete Lopes de Souza
  4. Cesiane de Freitas Lopes
  5. Francisca Itamária de Paula Sabino
  6. Jailma Batista da Silva
  7. Leodécio Lopes de Almeida
  8. Maria Cleiza Soares Pereira
  9. Maria do Socorro de Arruda
  10. Sâmia Rafaela Rodrigues de Paiva


Viçosa, 26 de Junho de 2015

 COMUDICA

Prorrogado o prazo para o acompanhamento das condicionalidade do PBF na área da Saúde

Os ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e da Saúde prorrogaram para o próximo dia 10 de julho o prazo para as famílias beneficiárias do Bolsa Família fazerem o acompanhamento de saúde. Essa é uma das condicionalidades do programa, que determina que todas as crianças menores de sete anos sejam vacinadas, pesadas e medidas e que as gestantes façam o pré-natal em dia.
As informações das condicionalidades do Bolsa Família servem para identificar riscos e vulnerabilidades e assegurar melhor qualidade de vida aos beneficiários. “É importante termos essas informações para acompanhar o desenvolvimento das crianças e das famílias. O objetivo não é fazer uma punição das famílias, mas acompanhar a saúde das pessoas do programa”, explica o secretário nacional de Renda de Cidadania do MDS, Helmut Schwarzer.
Mas é importante que as famílias beneficiárias compareçam às unidades básicas de saúde para terem acesso a ações de prevenção e promoção da saúde.

Informações do site MDS.GOV.BR
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...