quarta-feira, 16 de maio de 2018

Mulheres do Grupo Família e Evolução participam de uma conversação sobre “Como Identificar a Vítima de Abuso e Exploração Sexual e Seus Traumas”


Em continuação a Semana Municipal de Mobilização e Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes: Quebre o silêncio, abuso sexual é crime, denuncie! No dia 14 de maio a Equipe do CRAS realizou uma roda de conversa com as mulheres do Grupo Família e Evolução sobre “Como Identificar a Vítima de Abuso e Exploração Sexual e Seus Traumas”. Inicialmente foi explicitado que maioria dos abusadores são pessoas próximas das crianças, pessoas que não são suspeitas, que fazem parte do meio familiar, em geral, os pais, amigos da família, vizinhos, padrastos, irmãos mais velhos, avós, homens ou mulheres, sem distinção. É preciso estar atento às mudanças comportamentais que a criança apresenta quando foi violada, observando alguns sinais como: perda ou excesso de apetite; agressividade; choro excessivo e sem explicação; isolamento social; insegurança; alterações de sono; baixo rendimento escolar; retrocesso no desenvolvimento (voltar a agir como bebê); comportamento sexual incompatível com a idade; desenhos de órgãos genitais masculinos e corpos nus; medo de adultos estranhos, de escuro, de ficar sozinho e de ser deixado próximo ao agressor; marcas pelo corpo; mudança no modo de se movimentar, andar e sentar; problemas físicos, como corrimento, sangramento, ardência e infecção. A campanha tem por objetivo conscientizar sobre a importância do combate ao abuso e a exploração sexual infanto juvenil e que devemos estar atentos ao comportamento de nossas crianças e adolescentes. Logo após atividade foi entregue as camisas as mulheres e feito o convite para que as mesmas participem da Oficina do SEBRAE “Sei Vender”, que teve boa participação, sendo feito várias inscrições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NUCA REALIZA RODA DE CONVERSA SOBRE “SETEMBRO AMARELO”

Com a temática “Sua Vida Tem Valor”, NUCA realizou nesta sexta-feira, 13/09, Roda de Conversa Sobre o Setembro Amarelo com a participaç...