1º de Abril - Dia da Mentira


Existem várias histórias que explicam o surgimento do dia da mentira. Uma delas atribui a brincadeira a uma simples mudança no calendário. Em 1564, o rei da França Carlos IX determinou a adoção do calendário gregoriano, que mudava de 1º de abril para 1º de janeiro a data do primeiro dia do ano.
Essa mudança causou muita confusão e vários franceses para manter a tradição resistiram ao novo calendário. Assim, a virada do ano passou a ser comemorada em duas datas e no dia primeiro de abril, para ridicularizar os conservadores, as pessoas enviavam presentes esquisitos, convites para festas que não existiam e passaram a contar as maiores mentiras.
O dia 1º de abril passou a ser conhecido como o “dia da mentira” e se espalhou por todo o mundo. A brincadeira chegou ao Brasil por meio dos portugueses e hoje faz parte do nosso folclore. Tudo faz crer que essas brincadeiras, originárias dos franceses, continuem sempre a existir, graças à eternidade das manifestações folclóricas no mundo inteiro. Neste dia aquelas mentiras sem maldade e que não prejudicam ninguém estão liberadas.

Fonte: Guia do Curioso

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DALVA VIEIRA ASSUME NOVAMENTE A PASTA DO TRABALHO, HABITAÇÃO, MEIO AMBIENTE E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE VIÇOSA

Mensagem de pesar pelo falecimento da Sra.Teresinha Martins Silvério

Viçosa comemora pela segunda vez o reconhecimento do Selo UNICEF.