terça-feira, 5 de junho de 2012

Médicos do estado votam por continuidade da greve



Os médicos do estado votaram pela continuidade do movimento grevista após analisarem a contraproposta do governo em assembleia, realizada nesta segunda –feira (4), no Sinmed/RN (Sindicato dos Médicos do RN). Em resposta ao movimento, que já dura 36 dias, o governo ofereceu o reajuste de 7%, sendo 3,5% em setembro e a outra metade do reajuste em dezembro, de maneira não cumulativa.
De acordo com o ofício do governo, assinado pelo secretário de Administração e Recursos  Humanos, Antônio Alber Nóbrega,  os outros pedidos da categoria ficam condicionados ao “estudo mais aprofundado da situação”, por comissão paritária “para a construção de um modelo mais eficiente” a ser colocado em prática na saúde estadual.
Após discussões acerca do ofício enviado pelo governo, os profissionais em greve definiram que não abrem mão dos pontos já reivindicados, como: adoção do novo piso salarial médico, resultante da incorporação da GDAC (gartificação de alta complexidade) para os médicos de ambulatório, municipalizados, cedidos e aposentados, ainda não contemplados com este novo piso; correção da inflação de 14% para o salário base; criação de uma gratificação por atividade médica no valor de 50% para todos os níveis salariais da tabela do Plano de Cargos e Salários. Além de condições de trabalho e abastecimento em todas as unidades da Secretaria Estadual de Saúde Pública. Do blog do Barbosa (Com informações da assecom do Sinmed/RN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS DE 70 PESSOAS ENTRE ADOLSECENTES, CRIANÇAS, JOVENS E ADULTOS CATÓLICOS DE VIÇOSA, PARTICIPARAM DO RETIRO ESPIRITUAL DE CARNAVAL EM SERRINHA DOS PINTOS

Cerca de mais de 70 fiéis católicos participaram do retiro de carnaval espiritual na cidade de Serrinha dos Pintos. A comitiva de Viços...