quinta-feira, 7 de setembro de 2017

BOLSA FAMÍLIA INFORMA

Acompanhamento das condicionalidades de saúde alcança terceiro melhor resultado da história
Mais de 75% das famílias beneficiárias foram acompanhadas pelas equipes de saúde no primeiro semestre de 2017



O acompanhamento das condicionalidades de saúde do primeiro semestre de 2017 alcançou mais de 8,7 milhões de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF), o que corresponde a 75,2% de cobertura do total das cerca de 11,6 milhões de famílias perfil saúde a serem acompanhadas. O resultado foi o melhor já alcançado no período e, considerando todos os processos de acompanhamento registrados, representa o terceiro maior percentual já alcançado. Quando comparado ao resultado do primeiro semestre de 2016, o dado aponta que houve um aumento de 2,72 pontos percentuais no total de famílias acompanhadas.

Mais da metade dos Estados brasileiros alcançaram percentuais de acompanhamento acima da média nacional nesta primeira vigência de 2017: Bahia (76,5%), Santa Catarina (76,7%), Pará (76,8%), Pernambuco (77%), Alagoas (77,3%), Sergipe (79,2%), Maranhão (79,7%), Paraná (79,9%), Paraíba (80,8%), Tocantins (81,5%), Minas Gerais (82,1%), Piauí (82,3%), Ceará (83,5%) e Amazonas (83,7%).

Dos 5.570 municípios, mais de 4,1 mil também registraram percentuais de acompanhamento acima da média nacional, de 75,2%. Somente 15 municípios não alcançaram a cobertura mínima de 30% para recebimento dos recursos do Índice de Gestão Descentralizada (IGD). Essas cidades ficarão sem receber os recursos do IGD referentes aos meses de agosto a dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

A cada ciclo de acompanhamento, os serviços de saúde registram aumento significativo no número de gestantes beneficiárias acompanhadas, o que indica maior conhecimento das famílias sobre a importância de realizar o acompanhamento das crianças desde o útero da mãe. O benefício variável gestante tem grande influência nesse aspecto. Neste ciclo de acompanhamento das condicionalidades de saúde, foram acompanhadas quase 389 mil gestantes, o que corresponde a uma cobertura de 80,3% do total de mais de 488 mil gestantes estimadas pelo Ministério da Saúde. Entre o acompanhamento referente ao segundo semestre de 2016 e ao primeiro semestre de 2017, houve aumento de 2,29 pontos percentuais na cobertura de acompanhamento de gestantes. Em números absolutos, houve um incremento de aproximadamente 11 mil grávidas acompanhadas.

O acompanhamento das condicionalidades de saúde de crianças do PBF é realizado pelo serviço de atenção básica, com foco no cumprimento do calendário de vacinação e no acompanhamento do crescimento e desenvolvimento. Durante o primeiro semestre deste ano, essas ações de prevenção de doenças e promoção da saúde alcançaram mais de 5,7 milhões de crianças de 0 a 7 anos, de um universo de cerca de 7,9 milhões de crianças, o que corresponde a quase 73,1 % de cobertura.

Em relação ao cumprimento das condicionalidades, 99,5% das gestantes estavam realizando o pré-natal corretamente. Um total de 1.810 famílias com gestantes receberam efeitos por descumprimento dessa agenda, sendo 1.661 advertências, 116 bloqueios e 33 suspensões. Em relação às crianças, 98,9% estavam com o calendário de vacinação em dia. O descumprimento da agenda de vacinação pelas famílias com crianças entre 0 e 7 anos gerou cerca de 48 mil advertências, 3,8 mil bloqueios, aproximadamente 1,5 mil casos de suspensão e nove cancelamentos de benefícios. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DIA DAS CRIANÇAS - CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MUNICIPAL EULINA PINTO REALIZA ENTREGA DE MIMO PARA TODOS OS SEUS ALUNOS

  Neste último dia 16 de outubro o Centro de Educação Infantil Municipal Eulina Pinto (CEIMEP) realizou a entrega de mimos para todas as cri...