terça-feira, 20 de março de 2012

Viçosa ocupa o primeiro lugar no ranking de eficiência na gestão orçamentária das prefeituras do RN

FIRJAN: 91,7% dos municípios do estado do Rio Grande do Norte têm situação difícil ou crítica

A maioria dos municípios do estado do Rio Grande do Norte foi avaliada em situação difícil ou crítica no que diz respeito à eficiência na gestão orçamentária das prefeituras. É o caso de 143 cidades (91,7% dos 156 municípios avaliados).

Já entre os 500 piores resultados do país, 34 são do estado. Os dados são do IFGF (Índice FIRJAN de Gestão Fiscal), criado pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) para avaliar a qualidade de gestão fiscal dos municípios brasileiros.
No topo do ranking estadual, os dez melhores municípios são, em ordem do primeiro para o décimo colocado: Viçosa (0,7586); Almino Afonso (0,7226); Olho d’Água do Borges (0,662); São Fernando (0,6590); Ruy Barbosa (0,6468); Taboleiro Grande (0,6464); Ouro Branco (0,6461); Rafael Fernandes (0,6447); Lajes (0,6337) e Ielmo Marinho (0,6243).

Na outra ponta do ranking, os dez piores resultados fluminenses são: Arês (0,2139); Afonso Bezerra (0,2095); Riacho de Santana (0,2070); São Bento do Trairi (0,2054); Presidente Juscelino (0,2032); Ipueira (0,1945); Pedro Velho (0,1716); Touros (0,1699); Ceará-Mirim (0,1672) e Lagoa d’Anta (0,1648).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viçosa realiza reunião com a Equipe do Diagnostico do selo UNICEF - edição 2017-2020

Aconteceu no ultimo dia 12 de julho uma reunião da Equipe do Diagnostico do Selo Unicef, no CRAS. O grupo se reuniu para ajustar detal...