segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Cuidados com o mosquito Aedes aegpyti

A reprodução do mosquito leva de 5 a 10 dias. Por isso, um balde esquecido no quintal ou um pratinho de planta na varanda do apartamento, podem facilmente se tornar um foco do mosquito após uma chuva. E isso afeta a toda a vizinhança. Veja se a caixa d’água está vedada, se a calha está totalmente limpa, se garrafas e baldes estão vazios e com a boca virada para baixo, entre outras pequenas ações que podem evitar o nascimento do mosquito.  Os recipientes devem ser lavados com água e sabão, usando uma bucha. Isso porque os ovos do Aedes aegpyti ficam presos nas laterais internas e externas deles. Em um período de um ano, se os ovos entrarem em contato com água, eles voltam a germinar e podem causar dengue, zika e chikungunya.  Assim, redobre os cuidados! São suficientes 15 minutos por semana para fazer a vistoria em toda casa e eliminar todos os possíveis focos do mosquito. A área externa de casa e condomínios também deve ser avaliada. Piscinas e áreas de hidromassagem precisam estar cobertas e com manutenção periódica. Limpe ralos e canaletas externas. Deixe lonas bem esticadas para evitar formação de poças d’água. E atenção com plantas que podem acumular água, como bromélia e babosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viçosa realiza reunião com a Equipe do Diagnostico do selo UNICEF - edição 2017-2020

Aconteceu no ultimo dia 12 de julho uma reunião da Equipe do Diagnostico do Selo Unicef, no CRAS. O grupo se reuniu para ajustar detal...