Grupo de Adolescentes do SCFV

Grupo de Adolescentes “Força Jovem” orientados pela equipe da Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação, Assistência Social e Meio Ambiente trabalharam o que é ser um cidadão consciente acerca das questões ambientais. O que é ser um cidadão? Entre outras coisas, é respeitar os outros; em casa na rua ou na escola e lutar pelos direitos de receber educação, alimentação, saúde e moradia. Na mesma oportunidade os jovens do grupo de adolescente conheceram algumas formas de cuidar do meio ambiente, que são medidas simples. Para isso a equipe da SMAS enviou um profissional para falar sobre Permacultura e também teve os conhecimentos sobre a natureza na visão dos indígenas.
Dicas de cuidados para o meio ambiente
Uso adequado da Água
Sabemos que existem ações praticas para economizar água como não deixar a torneira aberta ao fazer a barba, ao lavar o rosto e os dentes;
Reutilize água para limpar calçadas, quintais e até o carro.
Reciclar o lixo
Caso sua cidade não tenha, ajude a implantar a coleta seletiva de lixo;
Separe o lixo em casa, por exemplo, plástico, metal, vidro, papel ou separe o lixo reciclável do não reciclável;
Destine pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes em postos de coleta, pois possuem componentes tóxicos.
Uso moderado de papel
Faça uso de toalhas ao invés de lenços de papel descartáveis;
Prefira usar fraldas de tecido no lugar das descartáveis, pois elas ficam anos acumuladas nos lixões.
Horta em Casa
Cultivar uma horta orgânica faz bem para a saúde de quem vai consumir esses alimentos mais saudáveis e livres de agrotóxicos.
Preparativos
Antes de iniciar sua horta, fique atento aos seguintes fatores:
Clima – ele é determinante na adaptação de certas culturas e deve ser levado em consideração na seleção de variedades. As diferenças entre estações, quanto à temperatura e volume de chuva devem ser verificadas, servindo como base para um calendário de épocas de plantio.
Solo - muita atenção ao tipo e cuidado do solo. O solo é considerado um organismo vivo, que interage com a vegetação em todas as fases de seu ciclo de vida. Devem ser analisados em seus aspectos físico (textura e estrutura), químico (nutrientes) e biológico (organismos vivos existentes no solo).

Local – o lugar da instalação da horta tem de ser de fácil acesso, maior insolação possível, água disponível em quantidade e próxima ao local. Não devem ser usados terrenos encharcados. Os canteiros devem ser feitos na direção norte-sul, ou voltados para o norte para aproveitar melhor o sol. No local da horta não é aconselhável a entrada de galinhas, cachorros ou coelhos.
Espécies – escolha com cuidado o tipo de vegetal que você irá plantar. Cada espécie precisa de um tipo de tratamento e possui um ciclo de crescimento próprio. Informe-se na hora de comprar as mudas e sementes e verifique se aquele tipo irá se adequar à sua horta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DALVA VIEIRA ASSUME NOVAMENTE A PASTA DO TRABALHO, HABITAÇÃO, MEIO AMBIENTE E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE VIÇOSA

Mensagem de pesar pelo falecimento da Sra.Teresinha Martins Silvério

Viçosa comemora pela segunda vez o reconhecimento do Selo UNICEF.